The Butcher's Tale (Western Front 1914) (tradução)

Original


The Zombies

Compositor: Chris White / Colin Blunstone / Hugh Grundy / Paul Atkinson / Rod Argent

Um açougueiro, sim, esse era o meu ofício
Mas agora o xelim do rei é minha taxa
Eu deveria ter continuado um açougueiro
Pela matança que eu vejo

E o pregador em seu púlpito
Prega: "Vão e lutem, façam o que é certo"
Mas ele não tem que ouvir essas armas
E eu aposto que ele dorme à noite

E eu
E eu não consigo parar de tremer
Minhas mãos não param de tremer
Meus braços não param de tremer
Minha mente não para de tremer
Eu quero ir pra casa
Por favor, deixe-me ir pra casa
Ir para casa

E eu vi um amigo meu
Enforcado no fio
Como algum tipo de boneco de pano
E no calor as moscas vem
E cobrem o garoto
E as moscas vão para
Gommecourt, Thiepval,
Mametz Wood e French Verdun
Se o pregador pudesse ver essas moscas
Não proclamaria pelo som das armas

E eu
E eu não consigo parar de tremer
Minhas mãos não param de tremer
Meus braços não param de tremer
Minha mente não para de tremer
Eu quero ir pra casa
Por favor, deixe-me ir pra casa
Ir para casa

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital